16:13:37

Seja sempre bem-vindo (a) e aproveite para visitar nossas outras páginas


Filmes de faroeste fizeram história no cinema.
 
“Não há herói como o herói do faroeste”, diz a escritora Ann Cleeland. E como seriam tais heróis? Definitivamente másculos. Silenciosos, em geral. Rápidos no gatilho. Potencialmente violentos, mas nunca injustos. E, acima de qualquer coisa, éticos – ao seu modo.
 
Nós temos inúmeros motivos para amar os filmes de faroeste. Em primeiro lugar, porque os mais célebres deles contam com excelentes roteiros, atuações de primeira e belíssimas locações.
 
Isso por si só seria o suficiente, mas contamos com outros méritos, como o fato de que o faroeste fala a temas que nos interessam e que nos fazem refletir, como os limites morais da vingança e a disparidade entre a covardia e a bravura.
 
Por Camila Nogueira em 30 de Março de 2017
Velho oeste, Oeste selvagem ou faroeste (em inglês: old west, wild west ou far west), são os termos com que se denomina popularmente o período e episódios históricos que tiveram lugar no século XIX (principalmente entre os anos de 1860 a 1890) durante a expansão da fronteira dos Estados Unidos para a costa do Oceano Pacífico. Embora a colonização do território tenha começado no século XVI com a chegada dos europeus, o objetivo de alcançar a costa oeste deveu-se principalmente à iniciativa governamental do presidente Thomas Jefferson, depois da Compra da Luisiana em 1803. A expansão da fronteira foi considerada como uma oportunidade de riqueza e progresso.
 
Esta incessante e prolongada migração de pessoas para o oeste deslocou culturas ancestrais e oprimiu minorias étnicas de ameríndios. Em contraste, o período suscitou importantes avanços na indústria, comunicações e agricultura, à custa em vários casos de uma intensa exploração dos recursos humanos e naturais.
 
Estes eventos históricos, origem de um mito nacional nos Estados Unidos, têm sido recriados por diversas manifestações de arte. No cinema, o gênero designa-se western e narra histórias de cowboys, pioneiros, ameríndios, garimpeiros, empresários, etc. Histórias de pessoa variadas ,condições que empreenderam a aventura do oeste com a esperança de alcançar o êxito pessoal mas que acabaram muitas vezes confrontados com a justiça ou com a fatalidade do destino. Os estudos atuais consideram que por trás desta mistificação esconde-se uma realidade complexa e que há a tendência de reconsiderar o papel de todos os atores que participaram naquela conjuntura social, econômica e cultural que foi a fronteira dos EUA no século XIX.
 
https://pt.wikipedia.org/wiki/Velho_Oeste
O chamado cinema western, também popularizado sob os termos "filmes de cowboys" ou "filmes de faroeste", compõe um gênero clássico do cinema norte-americano (ainda que outros países tenham produzido westerns, como aconteceu na Itália, com o seu western spaghetti). O termo inglês western significa "ocidental" e refere-se à fronteira do Oeste norte-americano durante a colonização. Esta região era também chamada de far west (extremo oeste) - e é daqui que provém o termo usado no Brasil e Portugal, faroeste (também se usou o termo juvenil bang-bang, na promoção das antigas matinês e de quadrinhos). Os westerns podem ser quaisquer formas de arte que representem, de forma romanceada, acontecimentos desta época e região. Além do cinema, podemos referir ainda a escultura, literatura, pintura e programas de televisão.
 
Ainda que os westerns tenham sido um dos gêneros cinematográficos mais populares da história do cinema e ainda tenha muitos fãs, a produção de filmes deste gênero é praticamente residual nos tempos que correm, principalmente depois do desastre comercial do filme Heaven's Gate (As portas do céu, em Portugal e O portal do paraíso no Brasil), de Michael Cimino, no início da década de 1980. Contudo, houve ainda alguns sucessos comerciais posteriores que foram, inclusive, galardoados com o Óscar de melhor filme, como Dances with Wolves (Dança com Lobos) de Kevin Costner, ou Unforgiven (Imperdoável, em Portugal, Os Imperdoáveis, no Brasil) de Clint Eastwood. Mas os westerns que vêm à memória da maioria dos cinéfilos são, mesmo, os da sua época áurea: os filmes de John Ford, Howard Hawks, entre outros nomes cimeiros do cinema.
 

Vídeos
Para selecionar os vídeos clique em  ≡  (playlist) lado superior do player abaixo, ou use os botões para avançar ou retroceder.   

Caso exista a informação que algum vídeo estaja indisponível ou foi removido, clique em  (parte superior do player), em seguida no próximo vídeo que aparecer em destaque.

MOBILE 
#studiomisturafina 
FAROESTE  WESTERN

P C 
#studiomisturafina 
FAROESTE - WESTERN - BANG BANG - DUBLADO / LEGENDADO 


Faroeste - Galeria de fotos

1 - Sete Homens e Um Destino (EUA, 1960). Direção: John Sturges
John Sturges abre nossa lista com Sete Homens e Um Destino
2 - Pistoleiros do Entardecer (EUA, 1962). Direção: Sam Peckinpah
Longa de Sam Peckinpah também entrou na nossa memória
3 - O Homem Que Matou Facínora (EUA, 1962). Direção: John Ford
John Ford em seu melhor estilo preto e branco 
4 - Quando Um Homem É Homem (EUA, 1963). Direção: Andrew V. McLaglen
Um dos maiores nomes da história do cinema norte-americano, John Wayne brilha neste longa
5 - Por um Punhado de Dólares (EUA, 1964). Direção: Sergio Leone
Eterno galã, Clint Eastwood protagoniza a obra-prima de Sergio Leone 
6 - Shenandoah (EUA, 1965). Direção: Andrew V. McLaglen
Só gente boa em Shenandoah
7 -  Por Uns Dólares a Mais (EUA, 1965). Direção: Sergio Leone
Mais uma vez, Clint esbanja atuação na trilogia do mestre Sergio Leone 
8 - Nas Trilhas da Aventura (EUA, 1965). Direção: John Sturges
Pessoas bebendo em um saloon? Com certeza é um clássico de faroeste 
9 - Três Homens em Conflito (EUA, 1966  ). Direção: Sergio Leone  (VÍDEO Nº 32 NO PLAYER ACIMA)
Cena emblemática que fecha a trilogia dos dólares, realizada pela parceria Clint Eastwood e Sergio Leone
10 - Os Profissionais (EUA, 1966). Direção: Richard Brooks
Burt Lancaster dá o ar de sua atuação neste ótimo longa
11 - Hombre (EUA, 1967). Direção: Martin Ritt
Paul Newman, mais um galã da geração dos westerns
12 - Gigantes em Luta (EUA, 1967). Direção: Burt Kennedy
John Wayne e Kirk Douglas em ação: simplesmente imperdível 
13 - Era Uma Vez no Oeste (EUA, 1968). Direção: Sergio Leone
Sergio Leone fecha sua carreira com a trilogia da américa
14 - Meu Ódio será sua Herança (EUA, 1969). Direção: Sam Peckinpah
Sam Peckinpah fecha nossa lista com a linda obra Meu Ódio Será a Sua Herança

Galeria de imagens e títulos acima: site da Revista Globo Rural
https://revistagloborural.globo.com/Noticias/noticia/2015/03/14-filmes-inesqueciveis-para-os-fas-de-faroeste.html