studio mistura fina

 

16:13:37

 

Seja sempre bem-vindo (a) e aproveite para visitar nossas outras páginas


Música

MUSIDISC ZITO RIGHI SAX DE OURO 1961
SEI QUE É COVARDIA/ Ataulfo Alves e Claudionor Cruz OLHOS VERDES / Vicente Paiva
 
ZITO RIGHI
 
Em 1961, gravou pela Musidisc o LP "Sax de ouro - Zito Righi e Sua Orquestra", no qual interpretou as músicas "Se eu errei", de Francisco Neto, Humberto de Carvalho e Edu Rocha, "Ana Maria", de Luis Soberano e Anicio Bichara, "Amor demais", de Ed Lincoln e Silvio César, " Amor de janela", de Pernambuco e Antônio Maria, "Brincar de amar", de Pernambuco, "Não diga nada", de Carlito e Noacy Marcenes, "Eu não sei me repetir", de Jota Santos e Herondino Silva, "Calcuttá", de H. Gaze, "Sei que é covardia mas", de Ataulfo Alves e Claudionor Cruz, "Olhos verdes", de Vicente Paiva, "Enlouqueci", de Luis Soberano, Waldomiro Pereira e João Sales, "Tem pena de mim", de Hervé Cordovil, "Pastorinhas", de Noel Rosa e João de Barro, e "Mal-me-quer", de Newton Teixeira e Cristóvão de Alencar.

Esse disco contou com as participações especiais de quatro cantores: Francineth, na faixa "História", de Nilo Sergio, Silvio César, em "Partí", de Ed Lincoln e Silvio César, Pedrinho Rodrigues, na música "Conformação", de Moacir Vieira, e Toni Vestane em "Toma lá dá cá", de Toni Vestane.

Em 1962, lançou o LP "The song is you - Zito Righ e seu sax de ouro" interpretando clássicos do cancioneiro norte-americano como "I've got you under my skin", de Cole Porter, "Lover come back to me", de S. Romberg e O. Hammerstein II, "Bewitched", de Rodgers e Hart, "Misty", de E. Garner e J. Burke, "How deep Is the ocean", de Irving Berlin, e "The song is you", de Kern.

Gravou com o pianista Ribamar em 1963, o LP "Ribamar & Zito Righ" no qual foram interpretadas as composições "Que é que eu faço", de Ribamar e Dolores Duran, "Canção dos olhos tristes", de Tito Madi, "Ai de mim", de Capiba, faixa que contou com a participação especial do cantor Toni Vestane, "Aimer comme je t'aime", de H. Giraud, "Una mujer", de Paul Misraki, "Quando vuelva a tu lado", de Maria Grever, "Sunday monday or always", de J. Heusen e J. Burke, "Sim ou não", de sua autoria, "Só em teus braços", de Tom Jobim, e "Onde estava eu", de Armando Cavalcanti e Victor Freire. Além de gravar discos, apresentou-se com sua orquestra em shows e em boates.
 
• (1963) Ribamar & Zito Righi • Musidisc • LP
• (1962) The song is you - Zito Righi e seu sax de ouro • Musidisc • LP
• (1961) Sax de ouro - Zito Righi e Sua Orquestra • Musidisc • LP
 
Agora vem a dúvida cruel: Zito ou Moacyr Silva? É verdade que Zito gravou alguns discos como Bob Fleming. E Moacyr Silva também.

Nos dados biográficos do Dicionário Albin da MPB, acima transcritos de www.dicionariompb.com.br não constam nem o local nem a data de nascimento de Zito Righi.

Para complicar, martoni-formaeelenco.blogspot.com.br relata que um filho de Zito lhe forneceu a lista completa dos discos dele entre os quais há vários como Bob Fleming. Fica aí o desafio.
 
Vídeo de Antônio Augusto dos Santos, Antonio Bocaiuva, antaugsan, Divinópolis, Bocaiuva, Minas Gerais -- Imagens e fotos da Internet. Em 26/11/2012
https://www.youtube.com/watch?v=qBONa2hEwoM
//getembedplus.com/


Versão Mobile assistir em tela inteira (fullscreen)

Para selecionar os vídeos clique em ☰ (playlist) lado superior esquerdo do player

Aqui não vamos ver um cantor de rua, mas simplesmente Martin Hurkens, vencedor da terceira temporada de competição “Got Talent da Holanda”. 

Youtube

Martin Hurkens - You Raise Me Up - The Prayer (Lyric) - Ave Maria
Zito Righi - Sax de Ouro e Waldir Calmon   Mercado Persa 1 e 2 

 Passarinho do Relógio  Cuco - Aracy de Almeida

Passarinho do Relógio  Cuco - Aracy de Almeida
  
 
Cuco-cuco-cuco!
O passarinho do relógio
Está maluco
Ainda não é hora do batente
Ele fica impertinente
Acordando toda gente
 
Eu pego às oito e quarenta e cinco
E levanto às sete,
Pra tomar banho e café
Mas quando são mais ou menos
Três e cinco, ele começa:
Cuco-cuco-cuco!
E só termina
Quando estou de pé